Tendência crescente em todo o mundo, a cultura maker faz com que as crianças e jovens identifiquem problemas relevantes e busquem soluções de forma colaborativa. Aprendem fazendo!

E se a cultura maker tivesse ainda mais uma ajudinha da arte? É isso que estamos fazendo.

A partir de linguagens da arte urbana os alunos colaborativamente transformam espaços de transição da escola como pátios e corredores em lugares de aprendizagem e convívio.

O stencil serve à criação de poesias, o graffiti cria pinturas pedagógicas como rosa dos ventos, mapas em escala humana ou personagens espalhados pelas paredes e a fotografia se transforma em lambe-lambes.

Com isso os alunos desenvolvem criatividade, pensamento crítico, resolução de problemas, capacidade de trabalhar em equipe, entre outras competências essenciais para a cidadania do século 21.

PINTURAS PEDAGÓGICAS

Série de pinturas nos ambientes coletivos da escola que buscam maior interação entre arte, currículo, alunos e professores como mapas em escala humana, amarelinha e caracol em pintura 3D, rosa dos ventos, relógio de sol, esqueletos humanos e animais, tabuleiros de xadrez/dama em escala humana, entre outros.

BIBLIOCHOQUE

Série de pinturas de lombadas de livros consagrados da literatura nacional onde são adicionados QR Code para acesso às publicações na íntegra, transformando paredes em bibliotecas virtuais.

FOTOCHOQUE

Retratos fotográficos transformados em máscara de estêncil para serem aplicados em diversos suportes. Através do app (gratuito) FXStencil, o estudante faz seu auto-retrato e o transforma num desenho em alto contraste , pronto para ser recortado e virar uma máscara de estêncil. As aplicações podem acontecer com spray, rolinho ou pouchoir em cadernos, camisetas ou paredes.

LETROCHOQUE

Seleção online de letras próprias para serem recortadas, como máscaras de estêncil. O estudante pode baixar o alfabeto gratuitamente, imprimir e recortar o estêncil com seu nome. As aplicações podem acontecer com spray, rolinho ou pouchoir em cadernos, camisetas ou paredes.

SERIGRAFITE

Coleção de telas de silkscreen com frases, haikais ou poesia concreta de artistas importantes, como Fernando Pessôa, Clarice Lispector, Millôr Fernandes ou Mano Brown. Com as telas, os estudantes produzem cartazes serigráficos para serem afixados em pontos estratégicos de leitura por toda a escola. Nessa atividade, o estudante é estimulado a encontrar lugares surpreendentes e inusitados para a colocação dos cartazes.

TIPOGRAFITE

Carrinho tipográfico que carrega um alfabeto de letras recortadas em estêncil para escrever palavras nas paredes das escolas. Além do alfabeto, o carrinho possui também uma pequena bancada e materiais necessária à confecção de outras máscaras de estêncil. O carrinho permite uma série de atividades para variados grupos de estudantes.

MAPOGRFITE

Mapeamento dos melhores (e piores) lugares da escola. Um grande mapa da escola é instalado num ponto estratégico. Os estudantes são estimulados a anotarem coraçõezinhos no lugares mais legais da escola

©2020 por Raquel Ribeiro

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube