NOSSA HISTÓRIA

O Instituto Choque Cultural é uma organização sem fins lucrativos que busca trazer a arte para o centro do debate e da vida pública.

É o desdobramento das experiências e do aprendizado dos mais de 10 anos de atividade da Galeria Choque Cultural, que após fomentar o mercado de arte urbana e as formas dela intervir na vida da cidade, desde 2011 aposta no pensamento educacional e no debate sobre o papel da arte e da cultura na vida pública, viabilizando projetos educativos e culturais em parceria com instituições privadas e públicas, brasileiras e internacionais.

Acreditamos na arte como uma ponte entre educadores e alunos, entre artistas e territórios e entre as pessoas e as políticas públicas. Uma ponte transformadora que seja capaz de conectar diferentes gerações e ligar a cidade com o futuro.

Hoje o Instituto Choque Cultural divide sua atuação em três iniciativas: o Escola Criativa, que oferece cursos e busca incidir sobre a formação artística de professores e alunos; a Ponte, para intercâmbios e desenvolvimento de cenas artísticas locais; e Redes, área que atua colaborativamente com outros parceiros como uma interface entre a sociedade civil, a iniciativa privada e o poder público em nome de um urbanismo mais democrático ligado à cultura.

Partimos do conceito de Educomunicação aplicado à Arte.

A Arte que ativa a capacidade de expressão e inovação das pessoas.

A Educação que promove o desenvolvimento humano individual e coletivo.

A Comunicação que forma redes e territórios.

QUEM SOMOS

BAIXO RIBEIRO

DIRETOR

Estudou arquitetura e urbanismo, trabalhou com design gráfico e moda, cenários, figurinos e branding. Em 2004 fundou a Choque Cultural, projeto artístico que propõe a valorização de novas linguagens, artistas e públicos para a arte contemporânea, tendo apresentado no Brasil e internacionalmente mais de 300 artistas. Curou e realizou inúmeras exposições com artistas brasileiros e estrangeiros sempre com grande visitação em associação com museus, como MASP, AfroBrasil, Paço das Artes e Memorial da américa Latina entre outros. Em 2012, juntamente com Raquel Ribeiro e Mariana Martins, fundou o Instituto Choque Cultural.

MARIANA MARTINS

DIRETORA

Estudou arquitetura e urbanismo na Universidade de São Paulo e chegou a realizar experiências em design e arquitetura, mas apesar dessa formação, desde sempre vem desenvolvendo um consistente corpo de trabalho artístico e plástico. Entre seus trabalhos mais intimistas e pessoais ou produções colaborativas de fôlego, a artista tem apresentado uma visão humanista sobre a arte do nosso tempo e de como esse instrumento pode aproximar pessoas. Em 2004, Mariana fundou a Choque Cultural, espaço de discussão e experimentação no campo da arte contemporânea, centro que abraçou novas linguagens e empenhou importante papel no cenário nacional e tornou-se referência para novas gerações. Em 2012, com Baixo Ribeiro e Raquel Ribeiro, fundou o Instituto Choque Cultural.

RAQUEL RIBEIRO

COORDENADORA

Graduada em Psicologia, com especialização em Comunicação: Políticas, Educação e Cultura (ECA-USP), outra especialização em Educação (PUC-SP) e cursando a terceira especialização em Arte na Educação (ECA-USP). Atua na área educacional há trinta e três anos em instituições privadas e organizações não governamentais, dentre elas, Fundação Fé e Alegria do Brasil, UNIBES e Instituto Ayrton Senna, onde desenvolveu projetos culturais e educacionais para jovens junto à comunidades e escolas da rede pública de ensino do Estado e Município de SP. Em 2012, junto com Baixo Ribeiro e Mariana Martins fundou o Instituto Choque Cultural onde é coordenadora de programa e responsável pela implantação e desenvolvimento do conceito de Educomunicação aplicado à Arte.

MARCIA OLIANI

ADMINISTRADORA

Graduada em Administração de Empresas, com especialização em administração Financeira. Atua na área há 35 anos, onde desenvolveu sistemas e métodos administrativos junto a diversas empresas do setor privado. Atualmente desenvolve a gestão de projetos incentivados apoiando artistas e produtores culturais.

©2017 por Raquel Ribeiro

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube